Só Marcas: Um outlet de mistérios em Guarulhos

0
1071

Nos últimos dias o empresário guarulhense Jorginho Mota vem apontando a Comissão Permanente de Trânsito da Câmara de Guarulhos como a responsável pelo adiamento da inauguração do Shopping Outlet Só Marcas, na pista lateral da Rodovia Presidente Dutra, altura do Km 222,5, sentido São Paulo/Rio de Janeiro.

Em vídeo, divulgado nas redes sociais, Jorginho se mostra indignado com a comissão que, segundo ele, seria a responsável pelo adiamento da inauguração do Só Marcas, que seria realizada no dia 1º de Junho, e chega a questionar o papel de um vereador específico que teria sido eleito para ter posicionamento favorável à geração de empregos, mas estaria “fazendo exatamente ao contrário”.

Jorginho Mota esbravejando contra vereadores

Embora não tenha citado explicitamente, no vídeo, o nome de Romildo Santos, que preside a comissão, o autor da denúncia deixa claro tratar-se do vereador, em matéria divulgada pelo jornal Tribuna da Grande São Paulo. A matéria, com a manchete “Só Marcas Outlet reclama de dificuldades impostas por vereadores e pode não abrir no sábado (1º)” relata todo o trâmite processual que teria sido atendido pelos empresários. Com frases de efeito, Jorginho insiste que a Comissão da Câmara estaria inviabilizando a inauguração na data programada do empreendimento que teria, segundo ele, um valor estimado em R$ 50 milhões e que geraria cerca de 700 empregos diretos.

De outro lado, em matéria divulgada no site do Legislativo de Guarulhos, em 23 de maio, a Comissão teria questionado, em reunião com o secretário de Mobilidade Urbana, Paulo Carvalho, o aumento de tráfego na região e a falta de Licença de Funcionamento do shopping.

Reunião extraordinária da Comissão de Trânsito da Câmara

Os questionamentos dos vereadores Romildo Santos e Geraldo Celestino até fazem sentido, uma vez que se trata de um trecho da Dutra que acomoda a entrada de um posto de gasolina e do Laboratório Achè. Além disso, existem dois semáforos no local que atendem aos pedestres que acessam a região por duas passarelas, um ponto de ônibus e, mais adiante, a entrada do Viaduto Estaiado Cidade de Guarulhos.  Quem conhece esse trecho da Dutra (herança de governos passados que permitiram a instalação de duas passarelas que terminam no canteiro que divide a pista expressa da local), sabe do trânsito intenso que se forma ali.

Na reunião, o secretario informou que havia feito alguns apontamentos para a Secretaria de Desenvolvimento Urbano (SDU) para liberação da licença de funcionamento, entre os quais teria solicitado “o prolongamento das passarelas de pedestres existentes, próximas ao local, e isso não foi feito”. Segundo o secretário poderiam “tirar o semáforo e evitar que o tráfego pare”. O vereador Geraldo Celestino teria dito que a comissão é favorável “a que grandes empresas se instalem na cidade, mas temos que zelar pela legalidade”.

A verdade sobre o adiamento da inauguração

O portal Folha de Guarulhos esteve no local para tentar entender o que realmente está barrando a inauguração, que não acontecerá no dia 1º de junho, mas não por entraves legais e exigências descabidas e sim pelo simples fato de a obra não estar concluída, como se vê nas fotos da fachada do empreendimento. A área de estacionamento não foi concluída e não poderia receber nenhum veículo. Caminhões e máquinas trabalham no local que parece estar longe de terminar até o dia primeiro. Assim, mesmo que tivesse toda documentação necessária, o shopping não poderia abrir.

Obra da garagem com 400 vagas ainda não está concluída

O acesso à entrada do shopping também foi interditado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), com grandes blocos de concreto. A interdição se deu por conta de os caminhões que atendiam a obra estacionarem na pista local da Dutra e comprometerem o trânsito.

PRF interdita acesso de frente para a pista local

A reportagem apurou que o empreendimento já tem autorização da Companhia de Concessões Rodoviárias (CCR), mas ainda não tem a autorização da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). A autorização já foi solicitada ao órgão e está em vias de ser liberada.

O FG também teve a informação de que o imóvel em que se pretende instalar o outlet, já tinha Licença de Funcionamento, mas, por conta das adequações que se fizeram necessárias pela alteração de uso, haveria de ser concedido um novo licenciamento. A necessidade de extensão das passarelas também era conhecida pelos empreendedores. Essa exigência, para instalação de um novo Pólo Gerador de Tráfego no local, existia há anos.

A herança guarulhense de obra mal planejada

O empreendimento também tem o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) e, por ter apresentado na SDU os atestados de Estabilidade e Condições de Uso e de Instalações Elétrica (anexos 7 e 8, respectivamente), não precisaria esperar por um Atestado de Conclusão de Obra (Habite-se), documento exigido para a licença de funcionamento. Alguns documentos exigidos para a inauguração, portanto, ainda precisam ser emitidos.

Quanto a Comissão de Trânsito da Câmara, ela poderia ter sido mais producente e eficaz se tivesse acompanhado o processo desde o início. Se isso tivesse sido feito, haveria menos desgaste sobre o papel da comissão.

Como se vê, o adiamento da inauguração do Só Marcas em nada tem a ver com o posicionamento dos vereadores, como afirmou Jorginho Mota. A verdadeira razão é que a obra não está concluída. A previsão é que ela termine em até dez dias.

O mistério

O mistério desse empreendimento fica por conta das explicações que não são dadas. O FG, entrou em contato com Jorginho Mota no domingo, 26, que se disse disposto a falar, mas, de lá pra cá, só tem adiado a entrevista. Jorginho apenas encaminhou (via whatsapp) a matéria do Tribuna da Grande São Paulo, que reitera seu discurso equivocado.

As tentativas de contato com o vereador Romildo Santos e os responsáveis pela empresa, com sede em Belo Horizonte, também foram frustradas. Ninguém parece estar disposto a esclarecer os reais motivos do adiamento da abertura do outlet. O silêncio dos envolvidos nesse caso é ensurdecedor.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here